quinta-feira, 26 de maio de 2011

Festa dos Tabuleiros - um Registo do Ricardo Mendes


  
video

Espero que gostem! Viva a nossa grande Festa!

Sê solidério! Faz a diferença!

Uma viagem desejada


Nós, alunos da Escola Gualdim Pais, turma B3A do curso EFA, andamos muito ansiosos porque vamos finalmente fazer uma viagem há muito desejada.
O destino escolhido é Coimbra, a “cidade dos estudantes”. Lá, visitaremos alguns locais desconhecidos o que será muito bom para enriquecer a nossa cultura. Faremos um piquenique e até vamos ter um passeio de barco no Mondego… que, para muitos de nós, será a primeira vez e, portanto, um momento inesquecível. Iremos de autocarro com mais alunos adultos desta escola. Isso também proporcionará um bom convívio.
Aguardamos assim, o próximo dia 4 de Junho, com muita ansiedade e esperamos que tudo corra bem e que cheguemos alegres e felizes e com todos esses momentos vividos gravados em nossos corações.


Os alunos da turma B3A-EFA

segunda-feira, 23 de maio de 2011

A floresta e os incêndios

    


No dia doze de Maio, durante a aula de Estudo Acompanhado, fomos assistir a uma palestra na Biblioteca Municipal sobre as consequências dos incêndios florestais. Antes da conferência, aguardámos no anfiteatro exterior, em bom convívio com as nossas professoras Inês Sousa e Isabel Branco, e aproveitámos para dar uma vista de olhos aos folhetos que nos foram entregues.
      Aprendemos com o engenheiro Eugénio Menezes Sequeira que o Homem pode promover acções para prevenir os incêndios e recuperar as florestas depois de eles terem acontecido.

      O aumento da erosão que empobrece os solos e contamina as águas é uma das consequências dos incêndios. Mas há outras: a redução da biodiversidade biológica da flora e da fauna e o aumento do risco de cheias.

      A gravidade destas consequências depende da área ardida, da temperatura do fogo junto ao solo e da capacidade de recuperação da vegetação.

      Só o ser humano pode evitar estas consequências, se gerir bem e organizar a floresta e todos os espaços verdes.




Trabalho realizado por:

Alunos do 5.ºF

Poesia partilhada na Primavera


Poesia partilhada na Primavera

No início do mês de Abril, despontava ainda a Primavera, encontrámo-nos com os alunos do 5.ºC, no pátio da Escola, para partilharmos uma vez mais as nossas leituras. Desta vez o tema era a Primavera. Como nos sentíamos inspirados pela beleza desta estação do ano, nós preparámos, em Estudo Acompanhado, os nossos próprios poemas, que recitámos com emoção. Os nossos colegas da turma C leram-nos bonitos poemas de grandes autores portugueses. Foi um agradável momento, em que aprendemos a ouvir com atenção para sermos também escutados.

Os alunos do 5.ºF



Aqui vos deixamos uma das nossas criações:



Aquela andorinha!



Lá vai a andorinha

Porque vai sozinha?

Estará à procura do bando?



Está a anunciar a Primavera

É o inicio de uma nova era.



Andava à procura do ninho

Mas, no seu lugar,

Só encontrou rosmaninho.



Coitada da andorinha!

Agora tem de recomeçar a fazer ninho

Para ficar aconchegadinha.



David Damásio, 5.ºF

quinta-feira, 5 de maio de 2011

5 de Maio - Dia Internacional da Língua Portuguesa

A Língua Portuguesa está entres as línguas mais faladas no mundo. É falada por mais de 200 milhões de pessoas.
O português é a língua oficial de oito países - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste - em quatro continentes - África, América, Ásia e Europa. A língua atravessa assim um espaço descontínuo ao longo de uma área vasta do globo terrestre (7,2 por cento da terra do planeta), abrangendo realidades extremamente diversas que se reflectem na multiplicidade de falares. É também a quinta língua mais falada na internet, de acordo com a Internet World Stats, com cerca de 82,5 milhões de cibernautas.