Número total de visualizações de página

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Encontrámos um site óptimo e queremos partilhar!

Aqui na Biblioteca preocupamo-nos em ajudar os alunos, os pais e os professores nos seus trabalhos e pesquisas. Nas nossas pesquisas online encontrámos um site óptimo, em Português (de Portugal) com centenas de citações, reflexões e pensamentos, poemas, adivinhas e até anedotas, tudo muito organizado alfabeticamente ou por temas.
Não deixem de o visitar em www.citador.pt e juntá-lo aos Favoritos.

Exemplos de:

Citações

Chega-se a ser grande por aquilo que se lê e não por aquilo que se escreve.
Autor: Borges , Jorge

Ver muito e ler muito aviva o engenho do homem.
Autor: Cervantes , Miguel

Provérbios

Os livros, são medicina do esquecimento !

Adivinhas

Sou um nobre muito rico

Feito por sábio engenho.

Dou-vos tudo quanto tenho,

Com quanto tenho me fico.

Anedotas

O professor, zangado: — Então, menino! Já perguntei isto mais de uma vez: quem é que escreveu «Os Lusíadas»?

Um aluno, lá no fundo da sala, timidamente: — Eu não fui, senhor professor.

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Eu estou mesmo a chegar...


O Bookcrossing está mesma a chegar. Atenção!

" Olá amigo! Eu sou um livro livre! Isto quer dizer que eu não fico nas prateleiras; que estou sempre a viajar. Leva-me! Lê-me! e Liberta-me! o mais rápido possível! Mas não te esqueças que eu sou um livro da tua escola, portanto trata-me com respeito e liberta-me num local ideal para conquistar um novo leitor na nossa escola!"

Gabriela Marramaque, 8ºD

O Bookcrossing na nossa Escola



O BookCrossing é um conceito que surgiu nos Estados Unidos da América e que pode ser resumido como a prática de deixar um livro num local público, para ser encontrado e lido por outros, os quais, por sua vez, deverão continuar a fazer o mesmo. O objectivo assumido do Bookcrossing é transformar o mundo inteiro numa biblioteca. Os membros desta comunidade de leitores virtuais (e que não conhece limites geográficos) possuem um sentimento de partilha tão grande que não se importam de libertar os seus próprios livros em locais públicos (cafés, transportes públicos, paragens de autocarro, bancos de jardim e outros sítios que a imaginação ditar) para que o maior número de pessoas os possam ler, em vez de os manterem parados nas estantes, tornando desta forma o acesso à cultura e especificamente à leitura verdadeiramente universal.


O BookCrossing foi originalmente concebido em Março de 2001 por Ron Hornbaker, um sócio da Humankind Systems, Inc.. Após quatro semanas, a 17 de Abril, a ideia foi concretizada, dando-se o lançamento do sítio na internet. Desde esse dia, o BookCrossing tem crescido exponencialmente, tornando-se num movimento global. A 14 de Agosto de 2008, a comunidade contava já com 699,443 membros e 5,002,379 livros registados. Portugal é um dos 10 países do mundo com mais pessoas inscritas (mais de 10,119).


In Wikipédia.


Livro


LIVRO

Livro
um amigo
para falar comigo
um navio
para viajar
um jardim
para brincar
uma escola
para levar
debaixo do braço.
Livro
um abraço
para além do tempo
e do espaço.

Luísa Ducla Soares, Poemas da Mentira e da Verdade

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

As opiniões dos alunos sobre a visita à BE


"Fui à biblioteca e ... na biblioteca estive a ouvir a professora Rosário a falar sobre o funcionamento da biblioteca. Esteve a dizer que devemos conservar a biblioteca, não roubar os livros, revistas, etc... Também nos disse que a biblioteca, no ano 2009, ia ser renovada, vão fazer obras, disse que podíamos deixar listas com alguns livros interessantes para a biblioteca tenta comprar. Também nos chamou à atenção que às vezes o comportamento dentro da biblioteca não é dos melhores e disse que quando vamos à biblioteca devemos ter sempre um objectivo e não ir para lá causar distúrbios." João Félix, 8ºA


"Fui à biblioteca e ela devia estar cheia de pessoas, tentei entrar em silêncio e consegui. Percebi que, afinal de contas, o sítio onde muita gente não entra é um local diferente e maravilhoso. Aprendi que, afinal há muitas coisas que podemos fazer mas de forma organizada e silenciosa. É um local onde nós podemos ler, ver filmes, estudar e até tirar dúvidas. Acho que, afinal de contas, é o melhor sítio da escola. " Joana Godinho, 8º A


"Fui à biblioteca e estive a ouvir a professora falar sobre as condições da biblioteca e a localização anterior e actual. Durante a conversa, descobri que a biblioteca já teve mais revistas e que podemos reclamar a aquisição de novos livros. Soube também que a biblioteca irá ser ampliada. Revimos algumas das regras principais de utilização da biblioteca escolar. Ficámos a saber que alguns itens que nós criticávamos já estão a ser emendados." Diogo Costa, 8ºA


" Fui à biblioteca e descobri uma biblioteca diferente. É uma biblioteca onde podemos sonhar, alargar a nossa cultura, estudar, ter outra visão do mundo, tudo com os Livros. A senhora professora explicou-nos a importância e o "peso" da biblioteca na nossa vida. Pediu-nos também que déssemos o exemplo aos mais novos, o que, na maioria dos casos, não acontece.

A biblioteca é um lugar cheio de magia, onde nós podemos dar asas à imaginação, criar as nossas próprias histórias, ajudar e ser ajudados e muitas outras coisas.

Nunca te esqueças que...se queres ter direitos tens de respeitar os teus deveres!"

Mafalda Coelho, 8ºA

Dia 27 de Outubro - DIA INTERNACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES


Dia 27 de Outubro… Dia Internacional das Bibliotecas Escolares…

Desde o início do mês de Outubro que a Biblioteca da nossa Escola está a ser visitada por todas as Turmas com o objectivo de consciencializar todos os utilizadores para a importância Bibliotecas Escolares no ensino e na aprendizagem ao longo da vida e reflectir sobre modos de estar e de rentabilizar as suas pesquisas. Para tal, esta conversa, entre utilizadores e coordenadora, teve por base o regimento desta estrutura educativa e um folheto sobre a organização funcional quer dos espaços, quer dos temas/assuntos sobre os quais podem encontrar informação para os seus trabalhos e projectos. Queremos formar verdadeiros utilizadores de Bibliotecas para que a informação, que hoje chega a todos, em ritmo tão acelerado, se transforme em conhecimento e assim se formem cidadãos conscientes, informados e participantes.

A coordenadora da BE da Escola-Sede

Direitos Inalienáveis do Leitor

1 - O Direito de Não Ler
2 - O Direito de Saltar Páginas
3 - O Direito de não Acabar um Livro
4 - O Direito de Reler
5 - O Direito de Ler Não Importa O Quê
6 - O Direito de Amar os Heróis dos Romances
7 - O Direito de Ler Não Importa Onde
8 - O Direito de Saltar de Livro em Livro
9 - O Direito de Ler em Voz Alta
10 - O Direito de Não Falar do que se Leu.