quinta-feira, 13 de novembro de 2008

O Bookcrossing na nossa Escola



O BookCrossing é um conceito que surgiu nos Estados Unidos da América e que pode ser resumido como a prática de deixar um livro num local público, para ser encontrado e lido por outros, os quais, por sua vez, deverão continuar a fazer o mesmo. O objectivo assumido do Bookcrossing é transformar o mundo inteiro numa biblioteca. Os membros desta comunidade de leitores virtuais (e que não conhece limites geográficos) possuem um sentimento de partilha tão grande que não se importam de libertar os seus próprios livros em locais públicos (cafés, transportes públicos, paragens de autocarro, bancos de jardim e outros sítios que a imaginação ditar) para que o maior número de pessoas os possam ler, em vez de os manterem parados nas estantes, tornando desta forma o acesso à cultura e especificamente à leitura verdadeiramente universal.


O BookCrossing foi originalmente concebido em Março de 2001 por Ron Hornbaker, um sócio da Humankind Systems, Inc.. Após quatro semanas, a 17 de Abril, a ideia foi concretizada, dando-se o lançamento do sítio na internet. Desde esse dia, o BookCrossing tem crescido exponencialmente, tornando-se num movimento global. A 14 de Agosto de 2008, a comunidade contava já com 699,443 membros e 5,002,379 livros registados. Portugal é um dos 10 países do mundo com mais pessoas inscritas (mais de 10,119).


In Wikipédia.


Sem comentários: